Dário Meira-Bahia

Dário Meira é um município brasileiro do estado da Bahia. Sua população estimada em 2016 era de 11.864 habitantes.

Gentílico: dariomeirense

História

Os primeiros moradores da região em que surgiu a cidade de Dário Meira, pelos idos de 1744 e 1799, foram o sargento-mor Raimundo Gonçalves da Costa e André Rocha Pinto, que em busca de zonas auríferas, exploravam as regiões banhadas pelos rios Gongogi e Novo.

Em 1909, quando o sertanejo Gerônimo Rêgo Moutinho, com sua esposa Ana Moutinho e filhos aportaram nessas terras, foi que surgiu a primeira propriedade rural, tendo como divisas naturais cercas vivas, as célebres cajazeiras, notando-se ainda hoje, uma dessas árvores à margem esquerda da Rua José Rufino, e outras mais em vários pontos da cidade.

Ainda com a presença de índios antropófagos, foi ferida por uma flecha, a esposa do velho Gerônimo. Ferida ela, esposo e filhos fizeram prece à Nossa Senhora do Desterro, tendo conseguido afugentar os índios; em cumprimento à promessa feita, fez uma capela em honra à santa implorada, sendo o celebrante da primeira missa o Padre Exulpério Gomes. À Nossa Senhora do Desterro, Gerônimo Rêgo Moutinho doou grande faixa de terra da sua propriedade, surgindo assim as primeiras casas, depois o povoado.

Formação Administrativa

Pela Lei n° 1.728, de agosto de 1924, foi criado o Distrito de Cajazeiras, sendo instalado em 29 de abril de 1925, subordinado ao Termo de Boa Nova.

Elevado à cidade, pela Lei n° 1.667, de 12 de abril de 1962, desmembrado do Município de Boa Nova, recebendo o novo município o nome de Dário Meira, em homenagem ao político boanovense, que, à época de epidemia de doenças contagiosas, sendo dono de uma pequena farmácia, socorria a população.

O município de Dário Meira é formado por distrito único, contando com os povoados de Acaraci, Ponto Novo e Planalto Íris.

Site oficial da cidade


Advertisements