É necessário operar a hérnia no estômago?

É-necessário-operar-a-hérnia-no-estômago.jpg

É muito comum pacientes diagnosticados com hérnia de hiato se questionarem quanto ao tratamento. Uma das formas de combater a doença é operar a hérnia no estômago.

Mas como se faz para operar a hérnia no estômago?  O avança da medicina permite que a cirurgia seja feita por videolaparoscopia. Ou seja, mais rápida e com menor tempo de recuperação.

Saiba a seguir em quais situações é necessário operar a hérnia no estômago e quais os cuidados antes e após a cirurgia.

Como surge a hérnia de hiato?

A hérnia de hiato ou no estômago ocorre quando o tecido muscular enfraquecido da região do tórax permite que o estômago se eleve contra o diafragma. Isso resulta em constantes dores abdominais e torácicas, azia e refluxo, fazendo com que o paciente perca sua qualidade de vida.

Tratamento para hérnia no estômago

Operar a hérnia no estômago, dependendo do caso, pode ser a última indicação de tratamento, e quando todas as outras formas não forem efetivas o suficiente.

Como são os sintomas que causam todo o desconforto, tratá-los com o auxílio de medicamentos colabora para que a patologia não represente perda da qualidade de vida e não seja necessário operar a hérnia no estômago.

A azia, queimação e o refluxo são minimizados ainda com a adoção de hábitos alimentares mais saudáveis. Ou seja, evitar o consumo excessivo de embutidos, frituras e alimentos ultra processados e comer pequenas porções a cada três horas ajuda no processo de melhora do quadro clínico do paciente.

Apenas quando todos esses cuidados e o acompanhamento médico não funcionam que pode vir a ser indicado operar a hérnia no estômago.

Quando operar a hérnia no estômago?

Simples, quando todos os cuidados clínicos não obtiveram o efeito desejado, que é a minimização dos sintomas e demais incômodos relativos à doença, ou quando a hérnia se tornou encarcerada.

No segundo exemplo, quando ocorre o encarceramento da hérnia é interrompido o suprimento de sangue ao órgão que extravasou pelo orifício herniário e isso pode resultar em necrose. No caso da hérnia de hiato o órgão que extravasa é o estômago, podendo acarretar a necessidade de uma intercorrência de emergência, ou seja, operar a hérnia no estômago às pressas.

Cuidados antes da operação da hérnia de hiato

É importante que o paciente faça todos os exames pré-operatórios, assim como os de imagem do tórax para que o cirurgião possa avaliar potenciais riscos de operar a hérnia no estômago do paciente.

Antes da cirurgia o paciente deve estar em jejum e acompanhado de um responsável, que o ajudará no pós-operatório e na alta hospitalar. Pode vir a ser necessário a suspensão do uso de alguns medicamentos, sendo que isso é previamente informado pelo médico-cirurgião que fará a operação para remoção da hérnia de hiato.

Passo a passo da operação da hérnia do estômago

Por ser feita por via laparoscópica, operar a hérnia no estômago é mais simples do que parece. Com o paciente anestesiado, é necessário injetar gás carbônico no interior do abdômen para que seja possível manusear os instrumentos cirúrgicos na região.

A cirurgia de videolaparoscopia de hérnia de hiato consiste na diminuição do orifício do diafragma que permitiu o extravasamento do estômago. É construída uma válvula com o próprio estômago impedindo assim o refluxo e que a hérnia volte a ocorrer.

Operar a hérnia no estômago é simples e requer poucos cuidados após o procedimento. Converse com um médico de confiança e verifique se a intervenção é que melhor trará resultados no tratamento de hérnia de hiato.